Domingo é o último dia da exposição Vias do Coração na Estação Ciência

Com monitores, instalações interativas e conteúdo multimídia, mostra da Fiocruz ensina como prevenir doenças cardiovasculares

Domingo, 28 de setembro, é o último dia para conferir a exposição Vias do Coração na Estação Ciência, na Lapa, zona oeste da capital. Organizada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), referência internacional em saúde pública, a mostra itinerante reúne conteúdo multimídia, atrações e instalações interativas. E pretende facilitar o aprendizado sobre o funcionamento do corpo humano e em especial do sistema cardiovascular.

Inaugurada dia 12 de setembro na Estação Ciência, a exposição é realizada em parceria com o centro estadual de divulgação científica ligado à Universidade de São Paulo (USP) e tem o apoio da multinacional europeia Sanofi- Aventis.

Vias do Coração é dirigida a pessoas de todas as idades e alerta para a alta incidência de doenças como a hipertensão, causa de muitas mortes no Brasil e no mundo.

As visitas têm sempre a supervisão de monitores que acompanham os passos dos visitantes. O público é estimulado a adotar e praticar sempre hábitos saudáveis, conforme ensinam as ilustrações da designer Mariana Manini. Os desenhos retratam a importância do controle da pressão arterial em situações cotidianas.

Giroscópio

A mostra é completada com oficinas e atrações ligadas ao mundo do conhecimento, incluindo conceitos de Astronomia, Física, Biologia e Paleontologia. Tão logo passa pela catraca da Estação Ciência, o visitante pode brincar no giroscópio e experimentar sensações similares às de um ambiente com pouca gravidade.

Criado pela agência espacial norte-americana (Nasa) para treinar astronautas, o giroscópio consiste em uma base com três anéis concêntricos e independentes. A instalação não tem motores e o peso do corpo do “passageiro” faz com que ele gire em todas as direções. Para interromper as rotações, o segredo é concentrar o peso do corpo na barriga e fazer dela o centro de gravidade.

“Antes de subir, o monitor me orientou a forma de parar. Mas somente após muitos giros, entendi na prática o que ele dizia”, conta o estudante mineiro Diogo Gonçalves, entusiasmado com a experiência. Ele veio em uma excursão de Passos (MG) e achou muito interessante a proposta da Estação Ciência: reunir entretenimento e lazer com qualidade.

A mostra Vias do Coração e as atrações permanentes da Estação Ciência podem ser conferidas de terça a sexta-feira, das 8 às 18 horas, e nos fins de semana e feriados das 9 às 18 horas. O ingresso custa R$ 2 e é grátis para menor de 6 anos e maior de 60 anos.


Ciência ambulante

A mostra Vias do Coração integra o Projeto Ciência Móvel da Fiocruz. O coordenador da exposição, José Ribamar Ferreira, explica que a proposta é investir em educação em saúde para prevenir doenças e melhorar a qualidade de vida da população. E, em geral, despertar de modo lúdico no visitante o gosto pela ciência, que está presente em todas os momentos da vida das pessoas.

Até o final do ano todo o cronograma de visitas do projeto já está completo. Os equipamentos e instalações viajam em uma carreta projetada especialmente para esta finalidade. Após o desembarque, o caminhão-baú vira uma sala de aula de 44 lugares com TV, DVD, computador, projetor e ar-condicionado. É usada para palestras e treinamento de professores e agentes de saúde.

A carreta do Projeto Ciência Móvel está disponível para atender prefeituras de todo o País, porém têm prioridade cidades pequenas e distantes dos grandes centros. O serviço é gratuito e exige contrapartidas locais, como hospedagem e alimentação para 20 pessoas por um período mínimo de três dias. Para solicitar uma visita, o representante do município interessado deve ligar para o número (21) 3865-2105.

Serviço

Estação Ciência
Rua Guaicurus, 1.394 – Lapa – São Paulo (SP)
Telefone 0800 703 00 14

Rogério Mascia Silveira
Da Agência Imprensa Oficial

Reportagem publicada originalmente na página I do Poder Executivo I e II do Diário Oficial do Estado de SP do dia 25/09/2008. (PDF)