Ensino técnico gratuito a distância

Telecurso TEC oferece, com supervisão do Centro Paula Souza, três opções gratuitas de formação pela internet

Criado em 2008, o Telecurso TEC oferece três opções gratuitas de formação técnica direcionadas ao eixo de gestão e negócios: administração, comércio e secretariado. O programa é uma parceria da Fundação Roberto Marinho com o Governo paulista e tem a supervisão do Centro Paula Souza. Com duração de 800 horas de estudo (três semestres), o programa de ensino a distância certificou 28,7 mil profissionais no Estado, desde sua criação.

O módulo inicial (básico), ministrado no primeiro semestre, é o mesmo para os três cursos do Telecurso TEC. Todo o conjunto do material didático (livros e vídeos) fica disponível para download no site do Centro Paula Souza, em arquivos nos formatos PDF e ePUB.

As aulas são transmitidas pela televisão, nos canais Cultura, de segunda a sexta, às 5h35min; e Futura, de segunda a sexta-feira, às 5h30min e às 13h10min, e aos sábados e domingos, às 6h30min e às 13 horas. Além desses horários, é possível conferir as lições a qualquer momento no site YouTube, usando celular, computador ou tablet.

Ritmo e tempo

O Telecurso TEC oferece três modalidades: aberta, on-line e semipresencial. Em todas elas, o pré-requisito para participar é ter ensino fundamental completo. A modalidade aberta dispensa ingresso pelo processo seletivo (Vestibulinho) das Escolas Técnicas Estaduais (Etecs).

É uma opção escolhida por muitos profissionais empregados, dispostos a aprender mais e enriquecer o currículo. Nela, o aluno estuda por conta própria, de acordo com o seu ritmo e tempo, mas precisa, no final de cada semestre, se inscrever em uma das 28 Etecs polo para fazer a prova presencial e ser aprovado para, assim, conquistar a certificação.

Com três horas de duração, o exame consiste de 30 testes de múltipla escolha, considerando as competências adquiridas pelo aluno ao longo do curso e inerentes à formação profissional. Para ser aprovado, é preciso acertar no mínimo 16 questões. Uma das formas para se preparar para o exame é acessar o Facebook do Telecurso TEC. A página do programa na rede social traz questões de exames anteriores resolvidas e comentadas (ver serviço).

Se for aprovado, o estudante recebe certificado de qualificação profissional técnica e avança para o módulo seguinte. Finalmente, quando conclui a terceira etapa, recebe o diploma, expedido pelo grupo de estudo de educação a distancia do Centro Paula Souza.

Aluno regular

Nas modalidades semipresencial e on-line do Telecurso TEC é exigida a aprovação no Vestibulinho – e o candidato classificado se torna aluno regular de uma Etec. O conteúdo pedagógico é transmitido por meio do ambiente virtual de aprendizagem, plataforma de ensino a distância e interação de alunos, tutores e professores com diversos recursos tecnológicos agregados – blogs, portfólios e bate-papo.

Na modalidade on-line, o curso é 100% pela internet, com acompanhamento dos professores e coordenadores do Centro Paula Souza. Na semipresencial, 80% da carga horária são ministrados pela internet; os 20% restantes ficam a cargo de um professor, cuja aula semanal presencial de seis horas ocorre, geralmente, aos sábados. Em ambas as opções, o aluno também precisa estar presente para fazer prova semestral e prosseguir nos estudos.

Oportunidade

Na primeira etapa, a prova semestral da modalidade aberta será aplicada no dia 20 de junho, às 9 horas, e o período de inscrição vai de 6 de abril a 6 de maio. O candidato deve procurar a secretaria da Etec polo onde deseja fazer a prova, pagar taxa de R$ 30 e preencher a ficha de inscrição. Ele deve apresentar documentos originais (RG, CPF e certificado de conclusão do ensino fundamental ou médio).

Para fazer o exame do segundo módulo, o aluno deve apresentar, ainda, o certificado da etapa inicial concluída. Essa regra vale também para o terceiro período, exigindo apresentação e entrega da documentação dos dois módulos iniciais.

Três diplomas

“Com afinco e dedicação é possível, em três anos e meio, concluir as três formações do Telecurso TEC”, destacam Juçara Montenegro e Lídia Ramos, duas das coordenadoras do programa de formação técnica e profissional. Elas comentam que o perfil dos estudantes é variado e formado por alunos de diversas idades, a partir de 15 anos. “Ter disciplina e se organizar é o passo mais importante para ser bem-sucedido no ensino a distância”, asseguram.

A paulistana Elize Raquel, de 29 anos, confirma essa tese. Com ensino médio completo, depois do nascimento do seu filho, queria ampliar seus conhecimentos antes de procurar emprego, mas não tinha com quem deixar a criança para estudar. Disposta a ter uma formação, acordava com o despertador para assistir às aulas na TV Cultura e, assim, concluiu a distância o curso de secretariado. Graduada pela primeira vez, prestou duas vezes o Vestibulinho – e finalizou administração e comércio, ambos na modalidade semipresencial na Etec Martin Luther King, localizada no Tatuapé, zona leste da capital.

O primeiro diploma lhe garantiu registro profissional na Delegacia Regional do Trabalho (DRT). Depois, fez estágio em secretariado na Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Seguiu estudando e foi aprovada em concurso para secretária da Defensoria Pública da União. Hoje, é funcionária dos Correios. “Recomendo o Telecurso TEC a todos”, diz, orgulhosa.


Cidade Etec
Americana Polivalente de Americana
Araçatuba Araçatuba
Araraquara Professora Anna de Oliveira Ferraz
Atibaia Professor Carmine Biagio Tundisi
Barretos Coronel Raphael Brandão
Cachoeira Paulista Professor Marcos Uchôas dos Santos Penchel
Cafelândia Professora Helcy Moreira Martins Aguiar
Diadema Juscelino Kubitschek de Oliveira
Garça Deputado Paulo Ornellas Carvalho de Barros
Guarujá Alberto Santos Dumont
Itararé Itararé
Jales Dr. José Luiz Viana Coutinho
Matão Sylvio de Mattos Carvalho
Miguelópolis Laurindo Alves de Queiroz
Mogi-Guaçu Euro Albino de Souza
Presidente Prudente Professor Dr. Antônio Eufrásio de Toledo
Registro Registro
Santa Rita do Passa Quatro Manoel dos Reis Araújo
Santana de Parnaíba Professora Ermelinda Giannini Teixeira
São Carlos Paulino Botelho
São José dos Campos São José dos Campos
São José do Rio Preto Philadelpho Gouvêa Netto
São Paulo (Santana) Artes
São Paulo (Sapopemba) Sapopemba
São Paulo (Tatuapé) Martin Luther King
Serrana Ângelo Cavalheiro
Sorocaba Fernando Prestes
Taquarituba Professora Terezinha Monteiro dos Santos

Serviço

Vestibulinho Etecs
Telecurso TEC (aulas e material didático)
E-mail – telecursotec@centropaulasouza.sp.gov.br
Facebook Telecurso TEC
Telefone (11) 3327-3066

Rogério Mascia Silveira
Imprensa Oficial – Conteúdo Editorial

Reportagem publicada originalmente na página III do Poder Executivo I e II do Diário Oficial do Estado de SP do dia 26/03/2015. (PDF)

Fique de olho no Telecurso

Inscrição termina dia 28; candidato deve pagar R$ 25 de taxa e escolher uma das 24 Etecs polos do programa

Estão abertas até o dia 28 as inscrições para o exame presencial dos três módulos do Telecurso TEC. Para fazer a prova, o interessado paga taxa de R$ 25 e se inscreve, de segunda a sexta-feira, em uma das 24 Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) polos do programa (ver boxe).

O Telecurso TEC oferece três cursos: administração, comércio e secretariado, cada um com jornada de 800 horas, divididas em três módulos. Após a prova presencial de cada módulo, quem obtém as notas necessárias recebe um certificado de qualificação técnica. Ao concluir os três módulos, o aluno terá o diploma de técnico, com validade nacional.

Para concorrer, o candidato deve entregar preenchida a ficha de inscrição, disponível no Comunicado Oficial do Programa, no site do Centro Paula Souza (ver serviço). Ele precisa também deixar cópia e apresentar os originais do RG, CPF e, no caso do Módulo 1, dos certificados de conclusão do ensino fundamental ou do ensino médio. Para o Módulo II, deverá ser entregue o certificado de conclusão do Módulo I; no caso do Módulo III, os certificados dos Módulos I e II.

Tirando dúvidas

O exame será aplicado às 9 horas do dia 17 de maio, na Etec em que o candidato se inscreveu. O gabarito será divulgado no mesmo dia da prova, a partir das 14 horas, no site do Centro Paula Souza; e a lista de aprovados será veiculada no dia 24 de junho.

Para esclarecer dúvidas, há um blog e um fórum exclusivos disponíveis (ver serviço). O programa de educação a distância oferece as modalidades aberta, on-line e semipresencial (disponível nas Etecs).

Na modalidade aberta, o aluno participa individualmente do curso. Ele acompanha as atividades propostas nos livros e nos programas diários de televisão, exibidos nas emissoras Globo, Cultura e Canal Futura. As aulas também podem ser assistidas no site da Globo (ver serviço). Já o material didático, com sete apostilas no formato PDF, pode ser copiado gratuitamente do site do Paula Souza. Semestralmente, realiza-se o exame presencial.

O modelo on-line, por sua vez, oferece o apoio de um tutor e do Ambiente Virtual de Aprendizagem e o aluno recebe informações pela internet. Para frequentá-lo, o aluno deve participar de um processo seletivo – o Vestibulinho.

O modelo semipresencial integra aulas presenciais e a distância, com o auxílio de um professor orientador de aprendizagem e oferece diversos recursos. O ingresso se dá por meio do chamado Vestibulinho.

Lançado em 2007, com o objetivo de expandir a oferta de ensino profissionalizante, o Telecurso TEC é um programa do Centro Paula Souza que promove formação técnica e qualificação profissional a distância.


Locais de inscrição

Etec Cidade Endereço Telefones
Polivalente de Americana Americana Av. Nossa Senhora de Fátima, 567 – Vila Israel (19) 3468-4071 / 3468-1611
Araçatuba Araçatuba Av. Prestes Maia, 1.764 – Jardim Ipanema (18) 3625-8677
Cel. Raphael Brandão Barretos Av. Trinta e Sete, 646 – Baroni (17) 3322-2341 / 3322-1419 / 3323-1099
Prof. Marcos Uchôas dos Santos Penchel Cachoeira Paulista Av. Afonso Pereira da Silva, 96 – Vila Carmen (12) 3103-1493 / 3101-2816
Profª Helcy Moreira Martins Aguiar Cafelândia Praça Sagrado Coração de Jesus, 70 – Centro (14) 3554-1184
Juscelino Kubitschek de Oliveira Diadema Rua Guarani, 735 – Serraria (11) 4056-1302 / 4043-2447
Dep. Paulo Ornellas Carvalho de Barros Garça Rua Prof. Edson José Puga, 100 – José Ribeiro (14) 3406-1296 / 3471-1534
Alberto Santos Dumont Guarujá Rua Dona Vitória, 502 – Jd. São Miguel (13) 3382-5677/4173
Itararé Itararé Rua Campos Salles, 1.320 – Centro (15) 3532-5194 / 3531-2770
Dr. José Luiz Viana Coutinho Jales Chácara Municipal – Córrego Tambory (17) 3632-9007 / 3632-9004
Sylvio de Mattos Carvalho Matão Rua Cesário Mota, 644 – Centro (16) 3382-1226 / 3382-6878
Laurindo Alves de Queiroz Miguelópolis Fazenda Lageado, s/nº (16) 3835-1370 / 3835-1942
Euro Albino de Souza Mogi-Guaçu Rua Antônio Luiz Filho, 350 – Jardim Novo II (19) 3831-2890
Prof. Dr. Antônio Eufrásio de Toledo Presidente Prudente Rod. Raposo Tavares, km 561 – Pontilhão (18) 3221-1665 / 3223-2067
Registro Registro Rua Tamekichi Takano, 5 – Centro (13) 3822-4531
Manoel dos Reis Araújo Santa Rita do Passa Quatro Av. Paris, 79 – Cinelândia (19) 3582-2100 / 3582-4685
Profª Ermelinda Giannini Teixeira Santana de Parnaíba Rua Fernão Dias Falcão, 196 – Centro (11) 4154-7185 / 4154-7142
Paulino Botelho São Carlos Rua Marechal Deodoro, 3.183 – Vila Nery (16) 3371-1027
Philadelpho Gouvêa Netto São José do Rio Preto Av. dos Estudantes, 3.278 – Jd. Aeroporto (17) 3233-9823 / 3233-9266
São José dos Campos São José dos Campos Av. Salmão, 570 – Parque Residencial Aquarius (12) 3942-7806 / 3942-4571 / 3941-1571
Artes São Paulo Av. Cruzeiro do Sul, 2.630, Prédio II – Santana (11) 2089-0740 / 2089-0741
Martin Luther King São Paulo Rua Apucarana, 815 – Tatuapé (11) 2091-7465 / 2093-8636
Ângelo Cavalheiro Serrana Rua José Correia Filho, 750 – Jardim Boa Vista (16) 3987-4964 / 3987-5500 / 3987-5501
Fernando Prestes Sorocaba Rua Natal, 340 – Jardim Paulistano (15) 3221-9677 / 3221-2044

Serviço

Telecurso TEC
Inscrição, informações e material didático gratuito
Fórum de dúvidas
Vestibulinho
Globo

Rogério Mascia Silveira
Imprensa Oficial – Conteúdo Editorial

Reportagem publicada originalmente na página III do Poder Executivo I e II do Diário Oficial do Estado de SP do dia 19/03/2014. (PDF)

​Para o passageiro ver e aprender

Vídeos educativos e de cidadania da Etec Jornalista Roberto Marinho são exibidos em linhas de ônibus da RMSP e em mais dez capitais brasileiras

Desde 2012, uma parceria com a Empresa BusTV possibilita à Etec Jornalista Roberto Marinho a veiculação de uma série de vídeos produzidos por seus alunos em ônibus da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU). O conteúdo inclui questões educativas e de cidadania e é transmitido em algumas linhas da Região Metropolitana de São Paulo (RMSP) e em coletivos de mais dez capitais brasileiras.

Em duas temporadas de parceria, foram produzidos 28 vídeos e, atualmente, estão em produção os títulos da terceira fase. São quadros com, no máximo, quatro minutos de duração disponíveis no YouTube. Para localizá-los, basta digitar as palavras “Oficina do Estudante Etec”, na barra de localização do site (ver serviço).

Na primeira fase, os assuntos abordados eram situações do dia a dia dos usuários dos coletivos, em episódios como Gentileza, O dorminhoco, entre outros. Os filmes – que procuram informar e provocar alguma reflexão nos usuários dos coletivos – tiveram suas locações nas Etecs de Artes e de Esportes, localizadas na capital. Na segunda etapa, entraram em pauta temas culturais e artísticos, como Grafite, Werther (livro de Goethe), Drácula (romance de Bram Stocker), O grito (tela de Edvard Munch), Concretismo (o movimento artístico), Art déco, entre outros.

Os vídeos são elaborados com a supervisão dos professores da Etec. Eles constituem atividade extracurricular dos alunos dos dois cursos técnicos oferecidos na instituição: o de Multimídia, com duração de três semestres; e o de Produção de Áudio e Vídeo, de quatro semestres. Na parceria, a BusTV cede o ônibus e os equipamentos para as gravações, além de exibir o conteúdo. A produção fica sob a responsabilidade dos estudantes, que se dividem em turmas, para gravá-los em um único dia.

Parceria preferencial

Criada em agosto de 2011, a Etec é fruto da parceria do Estado com a Fundação Roberto Marinho e a TV Globo. Em São Paulo, a sede de operações da emissora fica em terreno vizinho ao da Etec, na Avenida Chucri Zaidan, no bairro do Morumbi, zona sul. A Escola Técnica foi construída pelo conglomerado brasileiro de mídia em terreno cedido pelo Governo estadual.

A Etec é administrada pelo Centro Paula Souza, responsável por cuidar do processo seletivo (Vestibulinho), contratar professores, comprar mobiliário e equipamentos e dispor da infraestrutura necessária para o funcionamento dos cursos. A escola tem 570 alunos matriculados nos períodos vespertino e noturno, 38 professores e 15 funcionários.

A cada semestre, a TV Globo abre dez vagas de estágio para alunos dos dois cursos. Essas vagas são disputadas em processo seletivo interno. Além disso, regularmente, a emissora oferece suas instalações para visitas e workshops aos alunos e professores da Escola Técnica Estadual.

Mercado aquecido

O professor Mauro Gut, diretor da Etec, explica que o currículo dos cursos foi concebido com vistas a favorecer a formação de mão de obra especializada para atuar nas áreas de internet, mídia, jornalismo, publicidade, cinema, moda, entretenimento, games e em nichos da chamada indústria criativa. Se preferir, o aluno pode prosseguir com seus estudos e se dedicar à carreira acadêmica.

A procura pelos dois cursos tem sido elevada. No último Vestibulinho, realizado em dezembro, o curso de Audiovisual foi o terceiro mais procurado do processo seletivo – 17 candidatos por vaga. Como explicam os docentes Vebis Junior, Edwin Perez, Rodrigo Sousa e Felipe Neves, um dos motivos foi a Lei nº 12.485/2011. Com abrangência nacional, ela tornou obrigatória a veiculação de, no mínimo, 3,5 horas semanais de conteúdo produzido no Brasil na grade de programação das emissoras pagas de televisão.

“Os canais pagos costumam ser um dos destinos mais comuns dos alunos saídos da Etec”, observa Edwin Perez, professor de Direção e Roteiro. “Muitos profissionais já estabelecidos no mercado dividem espaço nos bancos escolares, sets de gravação e ilhas de edição com alunos adolescentes. O resultado é um grande compartilhamento coletivo de informações e um ambiente de aprendizado e de convivência muito rico e produtivo”, destacou.


Noite estrelada

A sala de projeção do Museu da Imagem e do Som (MIS), vinculado à Secretaria Estadual da Cultura, foi palco, na noite de quarta-feira (5), do 2º Sunrise – Mostra Audiovisual da Segunda Turma de Produção de Áudio e Vídeo da Etec Jornalista Roberto Marinho.

Na oportunidade, os estudantes apresentaram oito Trabalhos de Conclusão de Curso (TCCs): quatro curtas-metragens (Dolores, No escuro, Cárcere privado e Sopros quase indecifráveis) e quatro demonstrações de séries (Alvorada 23, O outro lado, Noite na taverna, Entre o céu e o inferno).

Muitos desses alunos também participam ou participaram das gravações dos vídeos exibidos nos ônibus. O quarteto formado por Tayane Capelo, Gustavo Sousa, Ruth Carvalho e Ângelo Martins é um exemplo. Eles contam que a experiência foi bastante rica e trouxe visibilidade e repercussão acima do esperado.

Os vídeos reuniram alunos ingressantes e veteranos em grupos. Todas as equipes tinham de cuidar da divisão de tempo, de tarefas e de conhecimentos. Os trabalhos foram distribuídos em cinco áreas principais para cada um dos grupos: direção, produção, fotografia, arte e edição – exatamente as mesmas atividades existentes em muitas agências de publicidade e produtoras de filmes do mercado.​

Serviço

Etec Jornalista Roberto Marinho
Vestibulinho Etec

Rogério Mascia Silveira
Imprensa Oficial – Conteúdo Editorial

Reportagem publicada originalmente na página IV do Poder Executivo I e II do Diário Oficial do Estado de SP do dia 07/02/2014. (PDF)