Universidades estaduais paulistas presentes na 10ª Campus Party

Até sábado, 4, é possível visitar a seção gratuita da feira de informática na capital; os 80 mil ingressos das áreas pagas estão esgotados

Até sábado, 4, é possível conhecer diversas atrações da 10ª Campus Party Brasil. Realizado das 10 às 20 horas no Pavilhão de Exposições do Anhembi, na capital, o encontro de empreendedorismo, informática, inovação, ciência e games é considerado por seus organizadores o maior do gênero da América Latina.

As áreas pagas do evento estão com seus 80 mil ingressos esgotados, porém, no espaço Open Campus, de acesso gratuito, o visitante pode experimentar 14 simuladores, um deles de asa-delta com realidade virtual, assistir a batalhas de robôs, competições de drones e acessar a Campus Future – espaço exclusivo para apresentação de novos projetos e ideias e empresas de viés tecnológico (startups).

O protótipo de carro elétrico desenvolvido pela Ecocar, equipe de 15 alunos de graduação dos cursos de engenharia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), é uma das atrações da Campus Future.

Funcional e impulsionado por bateria de lítio, o veículo em exposição contém, no seu motor, um sistema de controle, desenvolvido pelos estudantes, capaz de evitar perda de energia e faíscamentos e dispensar o uso de escovas, problemas comuns em motores elétricos convencionais. Além disso, provê alta eficiência energética, pois permite rodar um quilômetro ao custo de apenas dois milésimos de real.

Parceiros

“O veículo foi construído ao longo do segundo semestre do ano passado. Pesa 67 quilos e custou R$ 30 mil”, conta Raone Guedes, universitário do curso de engenharia física e coordenador da Ecocar. Segundo ele, além de gerar conhecimento, o projeto dos universitários oferece às empresas ou empreendedores iniciantes opção de tecnologia limpa, sustentável e inovadora.

“A inovação principal ainda não foi patenteada, eventuais interessados em aprimorá-la devem procurar a Unicamp”, informa Raone Guedes, destacando o fato de a pesquisa ter apoio dos docentes da universidade e patrocínio da Phi Innovations. A empresa ofereceu consultoria técnica e materiais para o motor, o qual foi montado na China.

“Para diminuir o peso, a estrutura do carro foi construída com fibra de carbono. Com vista a melhorar a aerodinâmica, usamos conceitos já presentes em aviões. Alguns componentes do carro, como o volante, também são leves e modelados em impressora 3D por nós. Quem quiser saber mais sobre o veículo deve consultar o site da Ecocar”, conta a universitária de engenharia elétrica Larissa Schraier, colega de Guedes na Unicamp (ver serviço).

Nas alturas

Na quadra vizinha da Campus Future, João Fernandes, de 8 anos, perguntou à mãe, Carmen Assis, de 34 anos, o que era um equipamento inusitado, em formato cilíndrico e com três antenas. Ela não sabia a resposta e disse ter ido à feira buscar entretenimento de qualidade, lazer com apelo científico e informação capaz de orientar no futuro a escolha profissional do garoto. “Acabei tendo uma aula sobre ciências da natureza, balões atmosféricos e as possibilidades de existir ou não vida em outros planetas”, relatou.

Carmen recebeu explicações de Marco Aurélio Bonaldo, aluno de engenharia elétrica da Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo (EESC-USP). Ele é um dos 25 integrantes do Grupo Zenith, equipe extracurricular de alunos da universidade com projeto selecionado pela organização da Campus Party para exposição e divulgação científica, à semelhança do veículo elétrico da Ecocar, da Unicamp.

Astrobiologia

O Grupo Zenith de alunos da EESC-USP atua na área aeroespacial, com projetos de construção e lançamento de balões atmosféricos, além da construção de circuitos e de sondas espaciais, o tal objeto antes ‘desconhecido’ por João e Carmen. Bonaldo destacou o fato de o balão atmosférico permitir içar uma sonda até 35 quilômetros de altura antes de estourar, o que possibilita diversas experiências.

As de maior interesse, atualmente, são coletar em tempo real dados atmosféricos e medir a ação da radiação em micro-organismos, necessidade da Missão Garatéa-L, cuja meta é lançar, em 2020, a primeira sonda lunar brasileira (ver serviço).

Originária do tupi-guarani, a palavra garatéa significa ‘busca-vidas’ e traduz um dos principais objetivos dessa expedição científica pioneira: investigar os efeitos do ambiente espacial sobre diferentes formas de vida existentes na Terra. A letra L, acrescentada no final do nome do projeto, faz menção à Lua, um ambiente onde as condições de sobrevivência são consideradas extremas, devido à radiação, às variações de temperatura e à inexistência de barreiras de proteção a vidas existentes na Terra.

Fatec, presente!

Em uma das mesas da arena, espaço dedicado aos chamados ‘campuseiros’, nome dado aos participantes que acampam em local reservado no Anhembi, uma dupla de alunos da Faculdade de Tecnologia do Estado (Fatec) Sebrae se preparava para apresentar, à plateia de empreendedores e desenvolvedores, seus dois projetos de aplicativos (apps) para celulares com lançamentos previstos até o final de 2017 nas plataformas Android e iOS. O objetivo de ambos era idêntico: conseguir sócios ou parceiros para abrir empresas e deslanchar novos negócios.

Localizada no bairro dos Campos Elíseos, região central da capital, a Fatec Sebrae é um projeto conjunto do Centro Paula Souza com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Lá, os amigos Fernando Silva e Gabriel Domiciano, ambos do curso de Gestão de Negócios e Inovação, desenvolveram seus apps.

O primeiro deles criou o Hookapp, aplicativo de encontros casuais, nos moldes do Tinder, porém, com abordagem de segurança inovadora, ao criar um ranking de segurança para o usuário, que não corre o risco de encontrar alguém diferente do visualizado previamente. Enquanto Gabriel criou o Feiragora – serviço mobile para cadastrar feirantes e consumidores, com o objetivo de vender pelo celular hortifrútis na cidade de São Paulo (ver serviço).

Serviço

Campus Party Brasil (programação, horários, atrações)
Pavilhão de Exposições do Anhembi
Avenida Olavo Fontoura, 1.209 (próximo à Estação Tietê do Metrô) – São Paulo – SP
Ecocar
Grupo Zenith
Missão Garatéa-L
Hookapp
Feiragora

Rogério Mascia Silveira
Imprensa Oficial – Conteúdo Editorial

Reportagem publicada originalmente na página III do Poder Executivo I e II do Diário Oficial do Estado de SP do dia 02/02/2017. (PDF)

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.