Bosque das Aves do Zoo ganha espaços revitalizados

A Fundação Parque Zoológico de São Paulo apresentou recentemente aos visitantes os dois novos recintos do Bosque das Aves Africanas. Em processo de revitalização desde o início do ano, os espaços foram concluídos e entregues. O primeiro foi destinado a um exemplar macho de calau-rinoceronte (Buceros rhinoceros), e o outro para um casal de calaus-grandes (Bucorvus abyssinicus).

A reforma dos espaços incluiu a troca de estruturas metálicas, substituição e pintura de telas, reconstrução do tanque e dos abrigos, colocação de poleiros de diferentes formatos para aumentar o conforto das aves, além do acréscimo de ninhos e vegetação variada.

Mudanças

A bióloga Fernanda Guida, do Zoo de São Paulo, explica que agora o público pode conferir um cenário mais rico e próximo ao hábitat desses animais. “As mudanças e adaptações efetuadas visam a atender necessidades biológicas e comportamentais especiais dessas espécies”, informa. “Assim, os calaus podem interagir de diferentes formas com o ambiente”, completa.

As duas espécies são raras em zoológicos no Brasil. A maioria deles pode pesar até quatro quilos e viver mais de 50 anos em cativeiro. São aves onívoras, que incluem em seu cardápio frutas e sementes, além de insetos e pequenos vertebrados.

Proveniente do Sudeste Asiático, o exemplar de calau-rinoceronte está no Zoo desde 1995. Seus vizinhos, os calaus-grandes, originários do continente africano, chegaram em 1972 e sempre estiveram juntos. O casal possui histórico de reprodução, porém o último filhote nasceu em 1987. Com a reforma, a expectativa é que o recinto favoreça e estimule comportamentos reprodutivos dessas aves.

Maior do País

O Zoológico de São Paulo é um centro de pesquisa, preservação animal, educação ambiental e de lazer. Vinculado à Secretaria Estadual do Meio Ambiente, abriga mais de 3 mil exemplares em uma área verde de 800 mil metros quadrados formada por trechos remanescentes da mata atlântica. Fundado em 1958 e instalado na zona sul da capital, próximo às nascentes do histórico Riacho do Ipiranga, o Zoo é o maior do Brasil em extensão e número de espécies. Tem 400 funcionários (incluindo os terceirizados) e abriga variedades nativas e exóticas, muitas ameaçadas de extinção.

Serviço

Zoológico de São Paulo
Av. Miguel Estéfano, 4.241 Água Funda – São Paulo –SP
Telefone (11) 5073-0811
Aberto diariamente das 9 às 17 horas (as bilheterias fecham às 16h30)

Rogério Mascia Silveira
Imprensa Oficial – Conteúdo Editorial

Reportagem publicada originalmente na página IV do Poder Executivo I e II do Diário Oficial do Estado de SP do dia 11/06/2016. (PDF)

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.