Começa hoje a Feira Brasileira de Ciências e Engenharia

Com entrada gratuita, a 14ª edição da Febrace realiza-se na USP até sexta-feira; público vai conhecer projetos inovadores de alunos do ensino fundamental, médio e técnico de todo o País

A 14ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace) ocorre de hoje (15) a sexta-feira (18) em uma tenda montada no estacionamento da Escola Politécnica (Poli) da Universidade de São Paulo (USP), na capital. Durante o evento serão apresentados 341 projetos de alunos do ensino fundamental, médio e técnico de escolas públicas e particulares de todo o Brasil.

O público poderá conhecer trabalhos inspirados em metodologias e conhecimentos científicos e de engenharia. Fruto do trabalho de 752 estudantes e de 476 professores-orientadores, os projetos foram selecionados entre 2,2 mil apresentados por 125 escolas afiliadas da Febrace e outros submetidos diretamente pelos alunos.

Inovação

Com viés de iniciação científica, os projetos abordam diversas áreas do saber e apresentam soluções inovadoras para desafios reais e atuais da sociedade. A lista inclui o controle do mosquito Aedes aegypti, tecnologias para reduzir acidentes por embriaguez ao volante e criar meios para prevenir problemas como o de crianças esquecidas em automóveis por seus pais ou responsáveis.

“O mais importante não são os resultados, como chegar a um protótipo ou produto, por exemplo, mas todo o processo, as diversas etapas de investigação, reflexão, construção e observação necessárias para a execução dos trabalhos”, destaca a coordenadora da Febrace, professora Roseli de Deus Lopes, docente da Escola Politécnica da USP.

“A proposta desse encontro anual é favorecer o surgimento de novos talentos para a pesquisa brasileira, por meio de desenvolvimento de projetos criativos e inovadores, com vistas a promover a iniciação científica no ensino médio, antes do ingresso na universidade”, explica Roseli. “Queremos também estimular os professores, aproximar as escolas das universidades e criar interações entre todas essas comunidades”, esclarece Roseli.

Competição

Na mostra, os trabalhos serão avaliados por pesquisadores e especialistas de diversas áreas. O público visitante também poderá eleger o mais popular, postando seu voto no site da Febrace (ver serviço). Os melhores trabalhos darão direito a troféus, medalhas, bolsas e estágios para seus autores – são cerca de 200 prêmios. Além disso, os projetos campeões desta edição da Febrace concorrerão a uma das nove vagas para representar o Brasil na Feira Internacional de Ciências e Engenharia da Intel (Intel ISEF), que será realizada em maio, na cidade de Phoenix, Arizona (Estados Unidos).

Promovida anualmente pela Poli-USP, por meio do Laboratório de Sistemas Integráveis (LSI), a Febrace é a maior feira brasileira pré-universitária de ciências e engenharia em abrangência e visibilidade. Além do apelo científico, fortalece também a inovação e o empreendedorismo desde o ensino básico, despertando novas vocações e reforçando a adoção de práticas pedagógicas inovadoras nas escolas.

Essa edição da Febrace tem apoio institucional do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), da Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social (Secis – MCTI), do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). O evento tem patrocínio da Intel do Brasil, Petrobras, Samsung, Instituto Votorantim e Odebrecht.

Serviço

14ª Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace)
Estacionamento da Escola Politécnica – das 14 às 19 horas
Av. Professor Luciano Gualberto, 3 Travessa 3
Cidade Universitária – Butantã – capital – SP
Entrada franca

Rogério Mascia Silveira
Imprensa Oficial – Conteúdo Editorial

Reportagem publicada originalmente na página I do Poder Executivo I e II do Diário Oficial do Estado de SP do dia 15/03/2016. (PDF)

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.