Eis os vencedores do 4º Prêmio Acessa SP

Concurso anual da Gestão Pública celebra as melhores iniciativas do programa paulista de inclusão digital criado em 2000

O auditório Símon Bolívar, do Memorial da América Latina, foi palco, ontem, na capital, da solenidade de divulgação e premiação dos vencedores do 4º Prêmio Acessa São Paulo. O objetivo do concurso anual é destacar as mais bem-sucedidas ações do programa paulista de inclusão digital.

O Acessa São Paulo é coordenado pela Secretaria Estadual de Gestão Pública, gerido pela Companhia de Processamento de Dados do Estado (Prodesp) e executado em parceria com os municípios paulistas. Gratuito, o serviço oferece computadores e acesso à internet para o cidadão redigir currículo, se registrar como microempreendedor individual, navegar pela internet, usar redes sociais, etc.

Na solenidade, Emílio Bizon Neto, gerente do programa, destacou a evolução do Acessa São Paulo desde a sua criação, em julho de 2000. Hoje, o programa oferece 712 postos em 621 cidades e mais 196 unidades em fase de instalação em todo o Estado. São mais de 2,7 milhões de usuários cadastrados e realizou mais de 71,9 milhões de atendimentos.

No interior e litoral, as prefeituras cedem o espaço físico, selecionam e pagam os monitores, que são funcionários públicos municipais. A Gestão Pública fornece equipamentos, banda larga, programas de computador, mobiliário e treina os monitores, ao menos uma vez por ano. A exceção são as agências das 39 cidades da Região Metropolitana de São Paulo (RMSP), mantidas 100% pelo Estado.

Neste ano, o Prêmio Acessa São Paulo foi dividido em quatro categorias. Além das tradicionais Rede de Projetos e Monitor Destaque, foram criadas mais duas: Vereador Digital e Prefeito Parceiro. Em ambas, o intuito foi o de também reconhecer o empenho de autoridades municipais em prol do sucesso do programa.

Na categoria Vereador Digital, 17 representantes municipais concorreram e o vencedor foi o representante de Descalvado. Na modalidade Prefeito Parceiro, 28 chefes de executivos municipais disputaram o título e o campeão foi o da cidade de Barão de Antonina.

Prêmios principais

Na categoria Rede de Projetos concorreram iniciativas de monitores que objetivam melhorar o andamento no posto onde trabalham e também em sua comunidade, assim como a possibilidade de replicá-las em outras unidades do programa.

A comissão julgadora pré-selecionou 20 projetos, adotando os critérios: caráter inovador, uso de tecnologia da informação, relevância, produção de conhecimento, desenvolvimento de parcerias e documentação. As mulheres foram as grandes vencedoras e conquistaram as três primeiras colocações.

A campeã foi Rosana dos Santos, de Agudos, com o projeto Consultoras e Revendedoras On-line. A segundo melhor avaliada foi Elizângela de Souza, da agência central de Marabá Paulista, com o projeto Vivendo, Vendo e Ouvindo. E a terceira, Edil de Araújo, de Ribeirão Grande, se destacou com o projeto Ribeirão Grande em Mapas.

Monitor Destaque

Na mais concorrida das categorias, Monitor Destaque, a comissão julgadora fez menções honrosas para o trabalho de Francisco Jacomini, de Buritizal, e Waldomiro Pereira, de Guaratinguetá. A avaliação dos vencedores foi feita a partir da divisão do Estado em oito regiões, com prêmios para dois representantes de cada uma delas. E deste grupo de 16 vencedores regionais, saíram os três grandes campeões de todo o Estado.

De São José do Rio Preto e Araçatuba, as vencedoras regionais foram as monitoras Cleonice Baroni e Inês Lourenço, ambas do posto da cidade de Coroados. Do agrupamento de Ribeirão Preto, Barretos, Franca e região central, os selecionados foram Carlos Correia, de Américo Brasiliense, e Elisângela Pereira, de Ipuã. Da Região Metropolitana de São Paulo, as ganhadoras foram da capital: Thays Araújo, do posto do Acessa São Paulo do Poupatempo Santo Amaro, e Fabiana da Silva, da unidade instalada na estação Itaim Paulista da CPTM.

Da região de Marília e Presidente Prudente, os vencedores foram Pedro Teixeira, de Marília, e Rogério de Almeida, de Cha vantes. As vencedoras de Bauru e Sorocaba, foram Fabrícia de Oliveira, de Bariri, e Regiane Quevedo, de Campina do Monte Alegre. Na Baixada Santista e região de Registro, os vencedores são de Santos: Beatriz Liberato, do Bom Prato de Santos, e Leonardo Guimarães, da unidade Chico de Paula.

Da região de São José dos Campos, os vencedores foram Jhonata dos Santos, do Bom Prato de Taubaté, e Gilberto Barbosa, de Caraguatatuba. E na região de Campinas, as duas vencedoras vieram da cidade de Iracemápolis, Christiane Campos e Simone Cavali.

A campeã de Bariri

Na avaliação final, Carlos Correia, de Américo Brasiliense, ficou com o terceiro lugar do pódio estadual. Acima dele, em segundo, Pedro Teixeira, de Marília. A vencedora foi Fabrícia de Oliveira, de Bariri. Surpresa com a honraria, diz representar orgulhosamente todos os monitores do Estado, profissionais “100% dedicados ao atendimento, como eu”, comentou.

Há um ano e meio na função, Fabrícia diz apostar na empatia para sempre oferecer um atendimento personalizado a cada usuário. “A maioria deles é carente. O único posto da cidade de Bariri fica ao lado de diversos conjuntos habitacionais. E, diariamente, antes mesmo de ele abrir às 7 horas, tem gente de todas as idades na fila esperando para entrar”, revela sorridente.

“No mês passado, uma mãe foi com a filha com dor de dente no posto. Disse que não sabia onde encontrar ajuda para a menina. Assim, pesquisei qual escola pública ficava mais próxima do posto. Liguei e consegui agendar o atendimento com a dentista da escola. Dali em diante, a senhora passou a ir todos os dias no posto e a levar também suas vizinhas e amigas. O Acessa São Paulo virou um grande ponto de encontro”, comentou.

Rogério Mascia Silveira
Da Agência Imprensa Oficial

Reportagem publicada originalmente na página II do Poder Executivo I e II do Diário Oficial do Estado de SP do dia 10/10/2013. (PDF)

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.