IPT cria canal exclusivo e gratuito para divulgação de suas atividades

O Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) inaugurou seu serviço de Really Simple Syndication (RSS). Trata-se de um canal de comunicação direto entre o Instituto e o usuário de computador, que pode receber gratuitamente todas as informações sobre projetos, pesquisas e serviços tecnológicos do IPT e também o conjunto de notícias veiculadas pela imprensa a respeito da instituição.

Para receber os conteúdos, basta que o interessado instale um programa de uso gratuito, que ser copiado na página do IPT na internet. O aplicativo utiliza a tecnologia Extensible Markup Language (XML) e apresenta o título e um resumo de cada notícia para o internauta, que tem a opção de clicar para ler o texto completo. A visualização é semelhante à de um programa de correio eletrônico. A ferramenta permite acesso às novidades de grande número de sites sem precisar visitá-los um a um.

Os arquivos RSS são também chamados de canais e podem ser utilizados para acompanhar outros tipos de informações, como ações na bolsa de valores, listas de produtos mais vendidos, relação de crianças desaparecidas e especialidades médicas. No serviço do IPT, o usuário pode escolher entre dois canais: o primeiro com informações produzidas pela assessoria de imprensa do instituto e o outro, com notícias veiculadas na mídia sobre o IPT.

De acordo com Renato Curto, pesquisador do IPT, a proposta é seguir o exemplo de veículos de comunicação da imprensa brasileira (Folha de S.Paulo e O Estado de S.Paulo) e internacional (The New York Times, CNN, BBC), que já oferecem o serviço. “O aplicativo é prático, versátil e oferece notícias atualizadas em tempo real”, explica.

Rogério Mascia Silveira
Da Agência Imprensa Oficial

Reportagem publicada originalmente na página III do Poder Executivo I e II do Diário Oficial do Estado de SP do dia 08/06/2005. (PDF)

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.