Agrishow apresenta produtos modernos e serviços para o trabalhador do campo

Ribeirão Preto é sede do maior evento do gênero na América Latina e espera reunir 150 mil visitantes entre os dias 16 e 21 deste mês

A 12ª edição da Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação (Agrishow) espera receber 150 mil visitantes em Ribeirão Preto entre os dias 16 e 21, entre os quais 3 mil estrangeiros. O evento é o maior do gênero na América Latina e oferece os mais modernos produtos e serviços para o produtor rural, em especial aos de pequeno porte. Em 2004, movimentou R$ 1,25 bilhão e teve público recorde de 154 mil visitantes.

Neste ano, a cessão de área pública para a realização da Agrishow é exemplo de Parceria Público Privada (PPP). O terreno no município foi cedido em comodato por cinco anos à Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq) e ao Sindicato Nacional da Indústria de Máquinas. Em contrapartida, os parceiros investirão em auditório, sanitários, rede de informática e asfaltamento.

Patrimônio estadual

Segundo Francisco Matturro, presidente da Câmara Setorial de Máquinas e Implementos Agrícolas (CSMIA) da Abimaq e um dos organizadores da Agrishow, a liberação da área para o investimento privado define regras para a feira que sempre esteve ameaçada de mudar de lugar por falta de infra-estrutura. “Serão construídos cinco banheiros de alvenaria e deixaremos pronta a base para o asfaltamento das ruas, obra prevista para 2006”, informou Maturro.

Nos cinco anos de contrato, haverá investimentos de R$ 1,8 milhão. No segundo ano, será edificado auditório para cem pessoas; no terceiro, laboratório para grãos; e no quarto ano, laboratório de sanidade animal. Durante a vigência do acordo, o parceiro erguerá alambrados e será responsável pela vigilância no local. Transcorrido o prazo acertado, as obras passarão a ser patrimônio do Estado.

Neste período, a Secretaria da Agricultura investirá R$ 60 mil anuais, referentes às despesas com funcionários e transporte. A área cedida tem 178 hectares e integra os 821 hectares do Pólo Regional da Secretaria. Outros 300 serão utilizados pelo Centro Apta Cana, inaugurado em março.

Rogério Mascia Silveira
Da Agência Imprensa Oficial

Reportagem publicada originalmente na página I do Poder Executivo I e II do Diário Oficial do Estado de SP do dia 11/05/2005. (PDF)

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.