Convênio oferece terapia gratuita para policiais da zona oeste

O reitor da Universidade de São Paulo (USP) assinou, sexta-feira, convênio com a Secretaria Estadual da Segurança Pública para oferecer atendimento psicológico no câmpus a quatro mil policiais civis e militares que atuam na zona oeste da capital. O serviço será prestado pelo Laboratório de Estudos e Prática em Psicologia Fenomenalógica-Existencial da universidade.

Os policiais receberão acompanhamento individual ou em grupo. A terapia é de caráter voluntário e será prestada por psicólogos e estagiários de graduação em psicologia da USP. “A ideia nasceu na 3ª Companhia do 16º Batalhão e teve repercussão positiva entre os soldados e os universitários”, conta o tenente Lúcio Alves, relações-públicas do Comando Oeste da PM, na capital.

Combatendo estresse

O objetivo é ampliar a qualidade de vida dos policiais. “O atendimento psicológico combate o estresse da profissão, melhora o relacionamento com a comunidade e possibilita a realização de novas pesquisas sobre os profissionais da segurança pública”, comenta. “A medida integra conjunto de propostas do governo paulista para aprimorar a qualidade do serviço policial no Estado”, finaliza.

Serviço

Secretaria Estadual da Segurança Pública
Correio eletrônico – seguranca@sp.gov.br

Rogério Mascia Silveira
Da Agência Imprensa Oficial

Reportagem publicada originalmente na página IV do Poder Executivo I e II do Diário Oficial do Estado de SP do dia 05/08/2003. (PDF)

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.